Governo do Ceará, em colaboração com a Amazon Web Services, forma egressos do sistema penitenciário em computação em nuvem

“Além do impacto direto na nossa vida, fazer o curso também impacta a vida de nossas famílias. Estou muito feliz de ter participado e de ter conquistado a certificação”, a declaração é de Pablo Pedraza, egresso do Sistema Penitenciário do Ceará, aluno do curso “Fundamentos de Nuvem do programa AWS Academy”. Assim como ele, outros alunos da primeira turma de egressos estão prontos para o mercado de Tecnologia da Informação (TI). “Isso pode abrir muitas portas para nós”, comemora Pablo.

O AWS Academy oferece um currículo de computação em nuvem que prepara os alunos para buscar certificações reconhecidas pelo setor e trabalhos em nuvem sob demanda. A formação Cloud Foundations apresentou conceitos de nuvem e os principais serviços da AWS, sendo estes: definição de preços, segurança, arquitetura e suporte, além de outros conteúdos.

Ao final do curso, os participantes deram início ao agendamento para realizar o exame da certificação AWS Certified Cloud Practitioner, voltada às soluções de computação em nuvem oferecidas pela AWS, válida mundialmente. Até agora, quatro alunos, dos dez que concluíram o curso, foram aprovados e já possuem essa certificação.

O programa AWS Academy oferece um currículo de computação em nuvem que prepara os alunos para buscar certificações reconhecidas pelo setor e trabalhos em nuvem sob demanda. Kennedy Vasconcelos, secretário executivo de Trabalho e Empreendedorismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), diz que “a Tecnologia da Informação e Comunicação oferece inúmeras e excelentes oportunidades para a inserção de profissionais no mercado de trabalho ou até mesmo para empreender. Por meio desse curso, apresentamos caminhos concretos a serem percorridos pelos egressos do sistema prisional, de forma que sejam partícipes ativos, em um mercado de trabalho que demanda cada vez mais por profissionais melhor qualificados”.

Para Paulo Cunha, gerente geral para o setor público da AWS Brasil: “a demanda de diferentes instituições pela adoção da nuvem está superando em muito o número de novos funcionários experientes em nuvem, deixando as organizações em dificuldade para encontrar e contratar o talento necessário para implementar esse tipo de serviço. Para superar esse desafio de oferta versus demanda, devemos ajudar indivíduos de todas as origens a se prepararem para carreiras na nuvem. Estamos contentes em poder colaborar com os egressos do sistema prisional a se prepararem para esse novo caminho”.

A capacitação foi promovida pelo Centro de Competências para Transformação Digital do Ceará (CCTD), por meio da Sedet, e contou com a parceria da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), Secretaria da Educação (Seduc), Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Íris | Laboratório de Inovação e Dados do Governo do Ceará e Programa Cientista Chefe e com a colaboração da Amazon Web Services (AWS).

O curso abriu vagas para 20 alunos. As aulas foram realizadas na Universidade do Trabalho Digital (UTD), programa da Secitece, com carga horária de 96h/a. A capacitação encerrou dia 15 de dezembro com aulas de bootcamp — treinamento imersivo, com foco nas habilidades práticas.

Sobre o CCTD

O CCTD tem o objetivo de coordenar políticas públicas de tecnologia para tornar o estado do Ceará uma referência na adoção de iniciativas focadas na transformação digital que impactem o cidadão, o ensino e o empreendedorismo. A iniciativa é coordenada pela Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), em cooperação com a Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice) e o Íris | Laboratório de Inovação e Dados do Governo do Ceará.

O CCTD é estruturado em quatro pilares, são eles: 1.Capacitação Governamental em Transformação Digital; 2. Pesquisa e Desenvolvimento; 3. Aceleração de Startups e Empreendedorismo; 4. Formação de Pessoas, sendo este último articulado pela Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet).