ÍRIS comemora 3 anos com debate sobre inclusão, diversidade e inovação e apresentação de projetos e resultados

ÍRIS comemora 3 anos com debate sobre inclusão, diversidade e inovação e apresentação de projetos e resultados

Promover a Cultura de Inovação e a acelerar o processo de Transformação Digital centrado no humano é o que o ÍRIS | Laboratório de Inovação e Dados do Governo do Ceará tem feito há três anos no Estado, além de contribuir com instituições nacionais. Na terça-feira (13), o ÍRIS realizou uma programação para celebrar essa jornada, com a presença do time, de lideranças do Ceará, de parceiros e de pessoas entusiastas da inovação no setor público.

A abertura do evento contou com a fala do secretário executivo de Acompanhamento de Projetos Especiais da Casa Civil, Flávio Jucá, que destacou ser o ÍRIS um pioneiro no estado por ampliar o processo de inovação.  “O ÍRIS consegue pensar fora da caixa sem perder o equilíbrio e a tecnicidade. O ÍRIS consegue contribuir com o trabalho do Estado”, destacou.

3 ANOS IRIS, FOTOS © HELENE SANTOS/ GOV. DO CEARA

Na sequência, a coordenadora-geral do ÍRIS, Jessika Moreira, e o cientista-chefe de Dados e Transformação Digital do Governo do Ceará, José Macêdo, ressaltaram a importância de celebrar esses três anos e reforçaram o papel do Laboratório no Estado. “O propósito do ÍRIS é muito maior do que gerar tecnologias e soluções tecnológicas para o governo, o seu propósito principal é tratar a desigualdade social”, enfatizou José Macêdo.

“O ÍRIS é vivo, é uma nova cultura, um novo jeito de fazer as coisas no setor público. Sim, aqui é setor público: aberto, colaborativo, diverso e plural”, destacou Jessika Moreira. E acrescentou, ainda: “No ÍRIS, nos interessa quem mais precisa, nos interessa o diverso. Cada cidadã, cada cidadão, cada história de vida, cada contexto. Aqui, consideramos desafio como oportunidade. Oportunidade de aprender e entregar valor público”.

Nesses três anos, o ÍRIS soma mais de 50 parcerias com órgãos estaduais e nacionais. A secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, falou em nome desses parceiros, destacando o papel do ÍRIS frente a inovação no Ceará. “O ÍRIS faz um trabalho extraordinário, que reverbera em todos os lugares em que eu estou. Eu também acredito demais na academia, mas a ciência só tem sentido quando a gente dá uma utilidade para ela, e o ÍRIS ‘nada de braçada’ nessa ideia”, destacou a secretária.

3 ANOS IRIS, FOTOS © HELENE SANTOS/ GOV. DO CEARA

Inclusão, diversidade e inovação
Diante da perspectiva que a diversidade precisa fazer parte das organizações, o evento teve continuidade com o bate-papo “Inclusão, diversidade e inovação”, com o pesquisador e coordenador do Núcleo de Estudos Raciais do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), Michael França; e a Assessora Especial de Acolhimento aos Movimentos Sociais, Zelma Madeira.

Zelma Madeira relatou sobre uma das iniciativas do Governo do Ceará voltada ao fortalecimento da participação social. “Precisamos ter diferentes leituras da realidade. Os dados precisam ser reveladores. Agora mesmo, estamos em uma parceria interessante com o ÍRIS nessa dimensão de revelar dados: estamos fazendo o Anuário de Movimentos Sociais do Ceará, primeiro documento do tipo no Brasil”, relatou.

“A inclusão é um mecanismo capaz de mudar a percepção da sociedade a respeito de algumas questões sociais”, foi o que destacou Michael França durante sua fala diante de uma panorama também apontado por ele de que: “O Brasil descobriu há pouco tempo que não vive uma democracia racial. Não tínhamos dados sobre essa questão. Mas, agora, finalmente podemos ter um novo diagnóstico dessa situação”.

3 ANOS IRIS, FOTOS © HELENE SANTOS/ GOV. DO CEARA

Projetos e resultados
A programação do aniversário de três anos do ÍRIS contou ainda com apresentação de projetos e resultados nas áreas de Cultura de Inovação e Transformação Digital, frutos da parceria entre o ÍRIS e o Programa Cientista Chefe.

No painel “Cultura de Inovação: na prática” foram apresentados: o Agiliza Aí, com a agilista do ÍRIS, Amanda Lima; o Núcleo de Experiência do Usuário (UX) e Linguagem, com coordenadora da área Isabel Ferreira Lima e pela pesquisadora Georgia Cruz; e o Programa de Inovação Jurídica, com a gerente da área Mariana Zonari.

Entre os destaques do painel, está a Política Estadual de Linguagem, a primeira lei do mundo com aplicação das técnicas de Linguagem Simples e Direito Visual, sendo um dos objetivos da lei estimular uma nova cultura de linguagem governamental mais inclusiva, acessível e clara.

Já no painel “Transformação Digital”, conduzido pelo cientista de dados e coordenador do projeto Governo Digital, Davi Romero, e pela cientista de dados e coordenadora do projeto Big Data Ceará, Ticiana Linhares, foram exibidas as plataformas digitais Ceará App, Big Data Social, Acesso Cidadão e Integra Social. O Ceará App atualmente tem mais de 135 serviços digitais do Governo do Ceará e mais de 990 mil usuários.

3 ANOS IRIS, FOTOS © HELENE SANTOS/ GOV. DO CEARA

Confira aqui a curadoria de conteúdo do aniversário de 3 anos do ÍRIS:
Link para o Padlet: https://padlet.com/irislabgovce/pxxsjqyyldpgq5h1

Baixe o Ceará App:
Para celulares Android, clique aqui.

Para celulares IOS, clique aqui.