Íris promove encontro para debater Inovação Jurídica no setor público

Inovar no Direito significa fazer dele uma ferramenta para incluir cidadãs e cidadãos. Para falar sobre o assunto, no próximo dia 26 de julho, das 8h às 12h, o Íris | Laboratório de Inovação e Dados do Governo do Ceará promove o Encontro de Inovação Jurídica no Setor Público. O evento será exclusivamente presencial no auditório do Palácio da Abolição, com inscrições através do link.

A programação busca promover diálogos sobre temas como: por que inovar no Direito, inovação na jurisdição e no serviço judiciário, contratação de inovação e marco legal das startups. Voltada para profissionais e estudantes de Direito, servidores públicos e entusiastas da inovação jurídica, o evento conta com palestras do juiz federal do TRF-5, Marco Bruno, e do procurador do Estado de São Paulo, Rafael Fassio. Além disso, a programação também marca dois anos da área de Inovação Jurídica, trazendo números de impacto desse período e casos realizados com parceiros do Laboratório.

As expertises compartilhadas pelo Íris com os tantos parceiros serão apresentadas, dividindo com o público experiências de Inovação Jurídica no setor público, como a simplificação de editais públicos com aplicação de Linguagem Simples, Direito Visual e Design Editorial e de documentos jurídicos. Os exemplos serão apresentados durante os painéis: “Acordos de Cooperação em Direito Visual: experiências e aprendizados” e “Comunicação Jurídica Cidadã: como o Direito pode aproximar o Estado da população”.

“O jurídico, historicamente, é uma área tradicional e resistente a mudanças. Por isso, precisamos de eventos como este. O Estado pode e deve ter o Direito como um instrumento de inclusão e de democracia, transformando os serviços jurídicos para que sejam centrados no ser humano. Devemos ser agentes dessa mudança e inspirar a inovação no mundo do Direito a partir de casos de sucesso no setor público ”, destaca Mariana Zonari, gestora de Inovação Jurídica do Íris.

O evento é realizado pelo ÍRIS e tem a correalização dos seguintes parceiros: Instituto de Planejamento de Fortaleza (IPLANFOR), Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), Justiça Federal do Ceará (JFCE), Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (PGE-SP), Procuradoria-Geral do Estado do Ceará (PGE-CE) e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

Serviço
Encontro de Inovação Jurídica no Setor Público
Data: 26 de julho (terça-feira)
Horário: 8h às 12h (horário de Brasília)
Local: Auditório do Palácio da Abolição (Rua Silva Paulet, 400, Fortaleza – CE)

Inscrições

Programação
Abertura
Flávio Jucá, secretário executivo de projetos especiais da Casa Civil do Estado do Ceará
Jessika Moreira, coordenadora-geral do Íris
Camily Cruz, procuradora geral do Estado do Ceará

Palestras
Por que inovar no Direito no Setor Público?
Mariana Zonari, gestora de Inovação Jurídica do Íris
Por que usar Linguagem Simples é inovar no Direito?
Isabel Ferreira Lima, coordenadora do Programa Linguagem Simples Ceará do Íris

Inovação na jurisdição e no serviço judiciário
Marco Bruno, juiz federal do TRF5º

Contratação de Inovação e Marco Legal das Startups
Rafael Fassio (Procurador do Estado de São Paulo – PGE-SP)

Painéis
Acordos de Cooperação Técnica em Direito Visual — experiências e aprendizados
Élcio Batista, vice-prefeito de Fortaleza e superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (IPLANFOR)
Rafael Fassio, procurador do Estado de São Paulo — PGE-SP
Joana Marta, procuradora da Fazenda Nacional no Estado do Ceará — PGFN-CE
Welkey Andrade, coordenador do Laboratório de Inovação do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE)
Leonardo Resende, juiz federal e coordenador do Laboratório de Inovação da Justiça Federal do Estado do Ceará TRF5º — INOVAJUS

Comunicação Jurídica Cidadã — como o Direito pode aproximar o Estado da população
Flávia Teixeira, oficiala de justiça da Justiça Federal do Estado do Ceará — TRF5º
Joana Marta Joana Marta, procuradora da Fazenda Nacional no Estado do Ceará — PGFN-CE
Welkey Andrade, coordenador do Laboratório de Inovação do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE)
Camily Cruz, procuradora geral do Estado do Ceará